Muitos Carnavais


Já brinquei muitos carnavais, claro, hoje em dia ainda brinco, não faço a mesma questão que fazia quando tinha meus vinte e poucos anos, nesta época se eu não brincasse todos os dias de carnaval e todas as prévias fazia um drama digno de novela mexicana, tipo "La Ususrpadora". Hoje em dia tem alguns dias e eventos que gosto de ir, mas não morro se não for, claro que não, no máximo eu xingo...

Eu tenho alguns carnavais muito marcantes na minha vida, o primeiro, nas ladeiras de Olinda em 1992, é dos inesquecíveis, por muitosa motivos, em com meus 20 anos, subindo e descendo ladeira dia e noite, histórias mil, pena que nesta época não havia câmera digital, e eu não tenho fotos para mostrar. O segundo carnaval mais marcante da minha vida foi no ano seguinte, 1993, o primeiro ano que passei carnaval em Salvador. Saí no Camaleão, um dos blocos mais antigos do circuito do Campo Grande e puxado pelo Chiclete com Banana. Na época não se usava abadá e sim mortalha, e a do cameleão era pano que não se acabava mais, eu saia com uma maiô por baixo da mortalha e conseguia fazer dela um mini vestido. Saíamos com o bloco por volta de meio dia e voltávamos lá pelas 19h... perdi uns 5 kg, mas valeu cada pulo dado.


Depois passei um período sem grandes carnavais até que em 2001 voltei a me fantasiar, mas deixei de ir para Olinda e fiquei só brincando no Bairro do Recife, que é onde brinco até hoje. Mas neste período, em 2004 passei um carnaval completamente diferente, mas não menos inesquecível, em Veneza. Ali não foi carnaval, não aprecia carnval, parecia mais um sonho, e claro que gostei, apesar do frio de matar. Lindas máscaras, belas fantasias e um ótimo show de música flamenca e dança indiana na Praça de São Marcos.
Em 2005 tive a emoção de pela primeira vez ficar em um camarote na Av. Guararapes no Galo da Madrugada, o maior blogo do mundo, segundo o Guiness é emocionante de ser ver, e do alto então, é um sonho. Enfim estes são meus carnavais inesquecíveis, 1992,1993, 2004 e 2005. E vocês quais seus carnavais inesquecíveis? Contem que eu também quero saber.
Foto1: qualidade da cópia péssima: Tell, eu, Michella, Maria Luiza e Fabíola em Salvador atrás do trio do Chiclete na concentração do Camaleão, 1993.
Foto2: Eu com um frio da lascar, minha personal máscara e minha tiara de carnaval bandeira do Brasil, na Piazza San Marco, Venezia, 2004.
Foto3: com Cris, no camarote do Galo da Madrugada, na Av. Guararapes, cento de Recife. São mais de 1,5 milhão de pessoas que este bloco arrasta, 2005.

Comentários

Blog da JU.... disse…
amiga mais linda que tenho..... e uma foliã pra ninguém botar defeito.... te adoro Razão!
M. disse…
Voces ainda tem bom tempo...lol Nós por cá o carnaval é frio...Muito frio:)
Camille disse…
Menina,nunca gostei de carnaval. Sempre viajava para nao ficar no Rio. E nao era a unica carioca a fazer isso. Em Olinda o pessoal é mais alegre, muito mais!!
Linda a foto nova de seu blog.
Bjos e boa semana!
Viviane Exeni disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Viviane Exeni disse…
Hummmm q esse CARNAVAL de 92 foi BOM DEMAIS!!! Amiga, melhor sem fotos! Matarias muita gente de inveja... kkkkkkkkkkkkkk Bjs
Nanda disse…
Eu sou a exceção que confirma a regra e, no Carnaval, aproveito pra ler, ver filmes e ver a folia - pela tv! =)

Postagens mais visitadas deste blog

Padroeira do Recife

Está chegando...

Virtual ou Real?