29 de maio de 2006

Sendo muito sincera com vocês, eu devo dizer que já não sei das coisas em uma ordem muito certa, mas o que importa realmente eu lembro e com detalhes ;-).

No terceiro dia em Atenas, um sábado, eu e as meninas pegamos um ônibus e fomos para Suniou, um lugar super lindo perto de Atenas, a beira do mar Egeu, e com um templo de Poseidon. Acrescente-se a isso mais uma tuía de fotos, um friozinho bom e uma volta para lá de animada para Atenas pelo litoral e com uma senhora sentada ao meu lado puxando papo comigo em grego...como infelizmente meu grego ainda não dá para tanto ficamos conversando meio em grego, meio em inglês, e antes de descer do ônibus ela me deu uma rosa branca, não é lindo?! Eu disse a vocês que os gregos são muito simpáticos!!!!!

À noite, Yorgos, o amigo de Cris que é médico e só tinha o fim de semana livre para sair conosco nos levou a outro lugar, dessa vez um dos montes que Atenas possuí e que lá em cima além de um ótimo restaurante tem uma vista de babar!

No domingo pela manhã voltamos a Acrópole, o que não chega a ser uma novidade, e advinha? Eu chorei...logo eu...hehehehehe. Mais outra tuía de foto, sabe como é com roupa de verão dessa vez :-D. Depois descemos, passeamos pela Plaka, fomos nos despedir dos amigos que tinhamos feito: Rosario, uma peruana vendedora de uma lojinha de coisas típicas e Angelos, um grego dono de uma joalheria. Depois fomos ao templo de Zeus, e à noite voltamos para o hotel e Yorgos nos levou para um restaurante na beira da praia, lugar lindo, lindo, lindo, o nome da praia é Kavouri.

É bem verdade que ele teve um chamado do hospital e nós passamos um bom tempo no maior frio na porta do hospital esperando por ele, e o que é pior, com vontade de ir ao banheiro pela combinação fatídica=bebida+frio...hehehehehehe, mas deu tudo certo ele voltou a tempo, e nos deixou no hotel porque no outro dia pela manhã bem cedinho pegariamos o barco para Santorni.

Eu sei que disse que contaria dois dias por post, mas como daqui a pouco ninguém vai mais aguentar ler sobre a viagem, então vou terminar logo essa parte, ok?!

A viagem foi super legal, o barco é muito bom, paramos em Naxos e Paros na ida, mas não descemos, só tiramos fotos do lado de fora, e eu o tempo todo babando pelos tons de azul do Egeu. Assim que chegamos a Santorini fomos para o hotel, nos trocamos e corremos para ver o pôr-do-sol em Iá, no norte da ilha, nos estavamos em Fira, bem no centro. E valeu a pena a correria, é realmente lindo! Depois à noite caminha que estavamos caindo pelas tabelas de sono.
No outro dia fomos à praia, Perivolo (acho que era esse o nome, lá para as tantas já tou confundindo tudo), areia preta, vulcânica, tudo de bom, marzão geladoooooooo, mas por mim tava valendo.

Voltamos neste mesmo dia para Atenas, chegamos de madrugada, cochilamos e acordamos cedinho para nos despedir da cidade, pense numa vontade de ficar...mas tinhamos um vôo de volta a Paris e fomos pegá-lo.

Beijos no coração de todo mundo que vem aqui e um especial para você Iñaki, fiquem com Deus.

27 de maio de 2006

Atenas

Continuando....vou contar dois dias por post senão o relato não vai acabar nunca!!!!!!!

O primeiro dia em Atenas foi lindo...nada de mala, mas tinha o essencial para tomar banho e trocar de roupa, saí e comprei uma sandália confortável, porque vamos combinar que subir a Acrópole de salto eu não tou podendo. E nesse meio tempo me ligaram do aeroporto dizendo que minha mala tinha ficado em Paris (eu posso?!), mas que chegaria à noite e eles me entregariam no hotel no dia seguinte bem cedo.

Subida à Acropole, no meio do caminho quando eu a vi de longe já começei a chorar (sou assim, toda boba mesmo), subimos ainda sem muito preparo físico (o que trocando em miúdos quer dizer que eu e Cris chegamos lá em cima com meio palmo de língua para fora), mas valeu a pena, nessa primeira ida além de zilhões de fotos, briga com o vento e cabelo, ainda estava um pouco frio, depois esquentou que foi uma beleza!!!!!

Às 3h da tarde, quando finalmente lembramos de comer e de descer, fomos direto ao Souvlaki (coisa deliciosa), depois passeio pela Plaka (bairro delicioso), conhecemos um monte de gente só nesse primeiro dia, pense num povo simpático!!!! É bem verdade que para meu total descontrole a Plaka é cheia de lojinhas...e eu claro gastei mais do que devia, mas isso vocês não precisam saber...hehehehehe.

Voltamos para o hotel e não saímos à noite nesse primeiro dia porque ainda estavamos cansadas da viagem e do dia todo andando, vocês hão de convir que o rítmo de maratonista que eu peguei só foi no segundo dia :-).

No dia seguinte fomos ver a troca de guarda, eu amei, a roupa é super fashion e eles fazem uma verdadeira coreografia, sem contar que os guardinhas nem piscam e são lindos! Mais zilhões de fotos e filminhos na hora da troca mesmo. Depois disso fomos andando ao longo de uma outra avenida, decidimos fazer outro caminho em direção a Plaka, que como é um bairro cheio de ruazinhas tinha que ser explorado devagar e sempre. Entrei em uma Igreja Ortodoxa Grega, super bonita, chamada Igreja da Trasfiguração, com belas imagens bizantinas. À noite neste dia saimos com Yorgos, um grego, amigo de Cris que nos levou a uma taverna bem típica e o que é melhor nada turística, para provarmos a comida grega (acho que foi nesse momento que teve início o meu regime de engorda). A taverna tinha música ao vivo, e é super interessante ver como depois de um certo momento os homens e mulheres se levantam para dançar e as pessoas das mesas ficam jogando cravos (mais zilhões de fotos).

Nós duas claro não levantamos para dançar porque o povo lá tava dando um show e a gente só babando, para quem for a Atenas o nome desse bairro que é bem legal para se ir à noite é Psirí.

E no próximo post a saga continua. Beijos no coração de todos e fiquem com Deus.

25 de maio de 2006

Começando pelo começo...

Saí daqui para São Paulo no dia 02 de maio, todos os vôos Recife-Paris estão lotados até depois da Copa!!! Em Sampa meu amigo Márcio nos pegou no aeroporto levou para almoçar e depois para o apartamento dele para descansar...eu claro não fiquei parada fui sim encontrar com minha amiga querida, linda e super doce, a Lou (Terra Temperamental), ficamos papeando à tarde como se nos conhecessemos desde sempre, a viagem começou com o pé direito.

À noite pegamos o vôo para Paris, e entre um cochilo e outro conversei muita abobrinha com Cris, e vi dois filmes, um eu nem lembro o nome, o outro foi o Galinho Chicken Little (fiquei apaixonada pelo galinho...hehehehe). Chegamos em Paris as 11h da manhã, horário local, e passamos um bom tempo tentando advinhar onde fazer o check in para o vôo de Atenas...depois de muito andar decidimos ir para a Torre que era mais negócio.

E lá estava ela, a Torre Eifel toda grande e majestosa...e lá fomos nós subí-la...e pense numa subida...pensei que o elevador iria passar direto, até comentei, quem inventou de ir para o ponto mais alto?! Mas valeu a pena, tiramos fotos, lanchamos e voltamos ao aeroporto. Ainda precisavamos fazer o check-in para Atenas.

E eu advinha?! Com dor de cabeça...passei mal todo o vôo para Atenas e quando cheguei lá, tarde da noite percebi que minha mala não quis me acompanhar, mas isso não era problema, eu estava em Atenas...vcs conseguem entender?! Meu sonho de menina, adolescente, mulher se realizando?! Chorei, claro, do jeito que sou chorona!!!!!

Atenas fica para o próximo post que eu estou sem tempo, atolada de trabalho e no exato momento com uma enxaqueca crescente.

Beijos no coração de todos e fiquem com Deus.

p.s.: Basquito gracias, eres un angel, como yo...jejejeje ;-)

23 de maio de 2006

Voltei

Meus querid@s,

estou de volta, mas ainda não vai dar para fazer um post longo porque tenho um monte de coisas para organizar, vim aqui só para dizer que estava morrendo de saudades do blog e em especial de vcs.

Rápido balanço das férias:

1. Uma mulher mais contente que pinto no lixo;
2. Uma pessoa que sempre amou a Grécia sem motivo aparente e que agora sabe que porque;
3. Muitas dívidas;
4. Muitas fotos.

Beijos no coração e fiquem com Deus.

B de Barcelona

Ramblas Só estive em Barcelona uma vez na vida, e foi justamento em 2002, no ano Gaudí! Ou seja, melhor impossível. Só lamento porque na...