31 de agosto de 2010

Livros...porque não vivo sem!

Todo mundo sabe que se encontrar comigo e eu não estiver com o livro na mão, das duas uma, ou não sou eu, só alguém muito parecido, ou eu estou indo a um casamento ou algo parecido...

Terminei de ler hoje cartas entre amigos de Fábio de Melo e Gabriel Chalita sobre os medos contemporâneos, muito legal o livro e gosto do estilo troca de cartas, não é à toa que gosto de Ligações Perigosas, e comecei a ler hoje mesmo Comprometida, da Liz Gilbert, a minha autora querida de Comer, Rezar, Amar, e estou amando, o começo é leve e divertido, retratando uma situação séria, bem no estilo da autora. E ela vai contar como ela e o "coroa brasileiro" dela tiveram que casar, já vi que vou rir muito e me emocionar também, ela tem esta habilidade.

E estava eu agora à noite, navegando alegre e saltitante junto com minha amiga Cláudia (que está no pc dela aqui ao lado) pela internet, quando ela disse minha nossa, olha isso, e eu olhei...meu coração parou, deu um salto triplo e falhou 3 batidas...o motivo? Um dos livros que mais gosto, A Sombra do Vento que já falei aqui muitas vezes antes, do Carlos Ruiz Zafón (autor catalão), vai virar filme, primeiro fiquei assutada, não quero que aconteça com ele o mesmo que aconteceu com O Amor nos Tempos do Cólera, o filme deixou muito a desejar e todo mundo sabe da minha paixão pelo livro...mas, e sempre há um "mas", quando eu li a notícia descobri que querem Robert Pattinson par o papel principal, já estou analisando o filme com carinho!

Ah e o filme Comer, Rezar, Amar só vai estréiar aqui em outubro, não sei porquê a demora, mas tudo bem! Agora vou ali ler mais um pouco, beijos de boa noite.

25 de agosto de 2010

As ruas de Recife


Hoje quando estava chegando ao trabalho vi o nome de uma rua, a rua da Saudade, isto me remeteu a uma música de Alceu Valença (que eu detesto...ele, não a música), que fala sobre os nomes de alguns bairros e ruas aqui de Recife. E como são poéticos os nomes das nossas ruas.
Eu por exemplo trabalho na rua da Aurora, a rua mais bonita da cidade, ao menos para mim. Atrás da rua da Aurora está a rua da União, com o Espaço Pasárgada, casa onde morou Manoel Bandeira, que em suas poesias cantou e decantou Recife e suas ruas. Aqui pero tem a rua da Soledade, rua da Imperatriz, da Glória, rua Velha...
Na Ilha de Santo Antônio temos a rua Nova, rua Direita, rua das Calçadas, da Concórdia, já na Ilha do Recife a rua da Moeda, rua da Guia, do Apolo, Madre de Deus, do Bom Jesus (antiga rua dos Judeus), acho lindos estes nomes de ruas, muito melhor que rua Dr. Fulano de Tal, vamos combinar, né?

p.s Espero que este post não tenah ficado enrolado...confuso com tantos nomes de ruas.
Link para a música de Pelas Ruas que Andei, de Alceu Valença: http://www.youtube.com/watch?v=-jBwTx2LsKY
Foto da rua da Aurora, tirada por mim em fevereiro deste ano.

24 de agosto de 2010

Preguiça teu nome é Jannine

Tudo bem, não chega a ser meu nome, quem sabe um dos sobrenomes? Mas o que importa é que sempre termina em amor, tudo comigo é assim! Vim aqui para fazer o meu mea culpa, como boa católica vinda de uma sentimento de culpa eterno, da tradição judaico-cristã, que diga-se de passagem eu não tenho mais tanto assim (o sentimento de culpa), eu quero informar que nunca mais escrevi aqui nem visitei ninguém por um simples e puro estado de preguiça.

Exagerei de novo, não é só preguiça, é que eu entro na internet e fico no vício 1 que é o Twitter, variando para o vício 2 que é o Facebook, passando pelo 3 que é o msn, e indo para o 4 que é baixar os episódios de True Blood que passam primeiro nos EUA...e aí o que acontece??? O blog passa a ser o vício 7, porque fora da internet eu tenho vício 5 que é ler e o 6 que é ver filmes/seriados. Eu queria ser pelo menos 3, ou então que o dia tivesse umas horas a mais, enfim algo que me desse tempo de fazer tudo, e um pouquinho mais que essa parte é a melhor.

Sem novidades aqui na Veneza Brasileira, só muito sol, chuva de vez em quando e um friozinho à noite, enfim este é o nosso inverno. Ainda não pude voltar a Barreiros, uma das cidades destruídas pelas chuvas do final de junho, mas espero que a situação esteja um pouco melhor, sei bem que a reconstrução da cidade ainda vai custar, em todos os aspectos, muito. E as eleições à porta e todo mundo usando a desgraça alheia para se fazer de bonzinho. O horário político é um mix de filme de terror tipo B com comédia tipo pastelão.

Deixa eu falar de coisa boa e logo, estou lendo um livro em inglês, porque é de uma coleção de 10 livros e aqui no Brasil só lançaram dois, como todo mundo sabe paciência não é e nunca foi meu sobrenome, então li todos os outros em inglês e não iria deixar de ler o último por preguiça mental, né? O livro é Dead in the Family, da Charlainne Harris. Problema, meu postuguês (o idioma que fique bem claro) fica cada vez pior quando leio muito em inglês ou espanhol, e eu passo os dias e algumas noites conversando com a malta de Portugal, e como todo mundo sabe eles usam a segunda pessoa, eu devo passar muita vergonha escrevendo e eles devem ter pena de me dizer...mais c'est la vie et la vie en rose, ma vie!

16 de agosto de 2010

Novidades nem tão novas assim!

Não, a Fundarpe ainda não pagou, e já são quase 3 meses...mas enfim, não vamos falar sobre estas coisas. Fim de semana tranquilo, li um livro no sábado à tarde, à noite fiquei só na conversa com Cláudia, Cinho e Roxana. Domingo acordei tarde e finalmente assisti ao filme argentino ganhador do último Oscar de filme estrangeiro: El Secreto de tus Ojos, claro que amei o filme, é com meu ator argentino preferido, Ricardo Darín, e com a direção de Juan José Campanella, esta dobradinha sempre funciona, vide O Filho da Noiva, eu aconselho recomendo, não sei se já chegou em dvd aqui no Brasil, o meu foi comprado fora, mas se chegou corram para ver!

À tarde, mais conversa, depois tomei um caldo verde delicioso num restaurante regional que fica lá perto de casa, e por fim fui à missa, depois vi True Blood que está muito bom, pena que só faltam mais 4 episódios para terminar a temporada.

E hoje como não poderia deixar de ser, deixou um vídeo do meu amado Elvis Presley, não há igual né gente? Eu já contei a vocês que desde que eu coloquei Suspicious Mind como toque no meu celular eu vivo perdendo ligações? Fico ouvindo a música e esqueço de atender....ai como sou parva!!!!

11 de agosto de 2010

Falando Grego


Não, eu não vou falar grego, nem nada incompreensível, este foi o título que deram a um filme com a Nia Vardalos que se passa na Grécia. Tudo bem eu gostaria do filme de qualquer forma já que eu adoro comédias românticas, e o filme é divertido sim, mas ele foi todo filmado na Grécia e isto para mim não tem preço...ficar vendo a Plaka, a Acrópoli, a Ágora, o Egeu, o templo de Posseidon, enfim um monte de lugares nos quais estive e que amo...ai saudades, e claro saudades de comer souvlaki também, mais conhecidos como kebab ou donner (na Alemanha).

Esta minha paixão pela Grécia sempre, desde pequena, tem um único motivo, tudo bem, depois os motivos aumentaram, mas desde o prícipio vem da minha paixão pela História, sempre foi minha matéria favorita no colégio, junto com Matemática (sim, todo mundo leu bem, Matemática), eu só tirava 10 em ambas, tudo bem que sempre fui muito CDF, daquelas alunas que para faltar aula só se estivesse morrendo, sempre adorei estudar e ler, ou seja sempre fui doida minha gente!

Mas enfim, eu aprendi a ler História como quem lê um romance, eu não decorava as coisas eu apreendia, degustava, viajava no tempo, sentia. E claro que a parte mais apaixonante para mim é a que nos fala sobre o berço da cultura ocidental, a antiguidade grega. Para completar o pacote também sou apaixonada pela mitologia grega...depois veio a fascinação pelo lugar que para mim sempre foi e continua sendo sinônimo de romance, eu brincava dizendo que minha lua-de-mel seria na Grécia, mesmo que eu fosse sozinha! (mesmo depois de conhecer Veneza, continuo pensando o mesmo)

Devo confessar que quando conheci a Grécia desde o aeroporto um amigo de minha amiga, médico grego lindo e super legal já me fez ver que a viagem iria valer a pena. O cara assim que eu cheguei, e olha que não cheguei nas melhores condições, estava com enxaqueca e tinha passado o voo todo no banheiro vomitando, foi logo dizendo que me conhecia por fotos e que eu era muito mais bonita pessoalmente (eu até pensei que não estava mais entendendo inglês) e que ele estava ansioso para me conhecer e tal, eu pensei: ótimo, mas depois a gente conversa que minha cabeça está explodindo!!!
A parte mais que boa, ele me levou para conhecer lugares que não são turísticos, estive duas vezes na Acrópoli e chorei em ambas quando pensava na grandiosidade daquilo e que eu estava tendo a felicidade de estar naquele templo de adoração a deusa Athina, que dá o nome a cidade, enfim, como diriam minhas amigas do norte de Portugal, foi muita emoçon! E só me restava fazer sempre uma prece de agradecimento pela oportunidade.
Pois é...depois desta enézima declaração de amor a Grécia ( e vocês sabem que quando eu amo sou assim, digo mesmo que amo), eu aconselho vocês a verem o filme e outra comédia romântica bem levinha que aqui deram o título de Novidades no Amor, sobre uma recém divorciada que se apaixona por uma cara bem mais jovem, uma delícia de filme, e por fim Marido por Acaso, com Colin Firth e Uma Thurman. Como vocês podem perceber estou no meu período comédias românticas e pronto.
Beijos muitos para todos.

2 de agosto de 2010

Ufa...voltei!

Não que eu tenha ido, só estava mesmo era com preguiça de postar. Bem, deixem-me ver...novidades, tenho sim algumas bem divertidas por sinal, mas não posso colocar aqui, então vão ficar todos na curiosidade. Ainda estou com visitas não propriamente em casa, mas aqui em Recife e por isso tenho andado sumida nos fins de semana, mas próximo sábado Madalena e as filhas estão voltando para a Itália.

Lendo muito, li dois livros este fim de semana que amei, um é o Beijo das Sombras e o outro é Aura Negra (continuação do primeiro), mas o que me deu raiva é que não acho os outros, nem mesmo em inglês para comprar...isto sim aborrece, se eu soubesse nem teria começado a ler. Cusca (do português de Portugal, curiosa) do jeito que sou agora estou louca alucinada para ler o os outros livros...e claro que é do universo magia/fantasia que não estou para ler nada sério.

No mais meu sobrinho baixou os primeiros episódios da 3ª temporada de True Blood e eu pretendo ver hoje e no fim de semana fiz uma sessão romances com as amigas...melhor que os filmes só mesmo os nossos comentários, é de rolar no chão de rir!

Mas eu vim aqui hoje para desejar um excelente mês de agosto para todo mundo e um bom início de semana. Beijos aos montes.

B de Barcelona

Ramblas Só estive em Barcelona uma vez na vida, e foi justamento em 2002, no ano Gaudí! Ou seja, melhor impossível. Só lamento porque na...