30 de junho de 2012

A Maracujina e o Penta

Há exatos 10 anos o Brasil foi pentacampeão do mundo no Japão. Hoje já vi várias reportagens sobre o tema e claro bateu uma saudade. Lembro bem que às 6h eu já estava mais que acordada, o jogo começaria às 8h aqui no Brasil, 20h do Japão. Meu café da manhã foi Maracujina (calmante natural à base de maracujá) , sim tomei um vidro de Maracujina o que muito me ajudou a ficar meio lesa durante o jogo e não ter nenhum ataque de nervos.

Claro que nos 15 minutos finais, já estávamos todos em pé, eu chorando, primeiro porquê sou chorona, segundo porquê lembrava que era a primeira vez que assistia a uma final de Copa do Mundo sem painho e terceiro porquê o Brasil ia ser campeão pela quinta vez!

 O dia estava chuvoso, o que não nos impediu de irmos para a Av. Boa Viagem comemorar, o almoço foi um dos sanduíches temáticos do McDonalds, acho que eu comi o Alemanha. E neste mesmo dia à noite meu time foi campeão pernambucano, o Glorioso Clube Náutico Capibaribe, e eu passei pela casa de Danny para dar os parabéns e saí correndo para comemorar mais. Há dias realmente muitos bons e inesquecíveis. 

29 de junho de 2012

Corrida!

Todos sabem que as coisas mais absurdas tendem a acontecer comigo, e se não sabem basta ler estes dois posts que saberão: 40 coisas e 100 camelos... ou coisas que só acontecem comigo. Claro que têm uns tantos outros, mas estes dois dão uma visão geral do fato!

Hoje vou falar de algo que aconteceu e que eu listei no 40 coisas, da corrida de cadeira de rodas que eu Cris fizemos em Paris. Temos um amigo parisiense que é cadeirante, e que nos levou para passear um belo dia de primavera em Montparnasse acompanhado de um outro amigo dele, também cadeirante, de lá pulamos o almoço andando pelas ruas da cidade e fomos jantar em Saint Germain-des-Pres, onde eu mais bebi o vinho da casa do que comi, confesso que não sou pessoa dada a estes patês metidos a besta tipo, foie gras, não gosto, podem me esculhambar e dizer que sou pouco refinada, mas não morro de amores pela culinária francesa, exceto pelos croissants e crepes.

Então vocês podem imaginar a cena, Crisa e eu, sem almoçar e cheias de vinho no juízo. Caminhando pelo Champs Élysées, por volta de meia noite, onde diga-se de passagem eu comprei o Chicken Little na Loja da Disney. Foi quando nos demos conta de duas coisas, aquela avenida é um pouco inclinada e nós estávamos subindo e que nossos amigos estavam cansados. Nós também estávamos cansadas, mas o vinho nos deixava mais animadas que tudo, e o que fizemos? Uma aposta e saímos feito duas loucas empurrando as cadeiras Champs Élysées acima. Não se preocupem, deu tudo certo, não atropelamos ninguém, nossos amigos ficaram bem e quero crer que felizes...não não creio que eles tenham rido de nervosos!

22 de junho de 2012

Dúvidas Existenciais

Por quê raios alguns autores colocam nas contracapas ou olheiras dos livros uma foto da época da tomada de Constantinopla pelos turcos-otomanos e quando vamos ver mal reconhecemos os ditos? Vejam só quando Sidney Sheldon veio lançar sei lá que livro aqui no Brasil eu enfrentei uma fila quilométrica para pegar uma dedicatória no meu livro, e aí me deparo com aquele velhinho, que se tivesse barba grande era o próprio papai noel, mas que na verdade era o próprio Mr. Sheldon, custava ele atualizar a porcaria da foto da contracapa? Não, né?

17 de junho de 2012

Eu tenho dois amores!

Chico em Recife, 20.04.12

Paul em Recife, 21.04.12
Sim, confesso que tenho, e digo mais os dois têm a mesma profissão, praticamente a mesma idade, fazem aniversário um no dia 18  e o outro dia 19 de junho, ou sejam ambos são geminianos, mas moram longe um do outro, e o que é pior de mim. Entenderam?
Claro que vocês já devem ter sacado que eu me refiro ao Paul (McCartney) que faz 70 anos amanhã e ao Chico (Buarque), que faz 68 anos na terça-feira, dia 19. Além de músicos e compositores fantásticos são também homens admiráveis, por isso amo os dois e desejo tudo de bom, ainda mais, que a vida puder proporcionar a eles!

"Baby, I'm amazed at the way you love me all the time
And maybe I'm afraid of the way I love you..."


"O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que me deixa maluca, quando me roça a nuca..."

12 de junho de 2012

É hoje o dia? Sim, é hoje!

Como todos vocês já estão carecas de saber o dia dos namorados aqui no Brasil, ao contrário do resto do mundo, não é o Valantine's Day, e sim a véspera de quem mais? O Santo casamenteiro por excelência e o mais popular do Brasil, Santo Antônio, ou São Toinho para os íntimos, como eu!
A Um Passo da Eternidade
Mas agora vamos aos fatos, eu me amo e não escondo isso de ninguém então quelaro que providenciei o meu presente de dia dos namorados, na verdade devo confessar que foi mais de um, no começo eu só ia comprar a bolsa da Accessorize que eu já vinha namorando há um certo tempo, mas eis que finalmente o DVD de Amanhecer foi lançado aqui no Brasil e por coincidência o MTV Unplugged de Juanes, então eu pensei, ah eu mereço estes mimos e pronto, minha nova linha econômica foi para as cucuias, mas isto não vem ao caso, certo? O importante nesta vida é o amor, então Feliz Dia dos Namorados meu povo! Até porquê convenhamos, viver sem amor não tem graça nenhuma, e ter medo de amar pior ainda, a vida é assim bonita e principalmente para ser vivida, certo?

"De tudo, ao meu amor serei atento.
A Dama e o Vagabundo
Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espelhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
quem sabe a morte, angústia de quem vive
quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa lhe dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure."

Vinícius de Moraes


O Diário de Bridget Jones

1 de junho de 2012

Coisas Juninas

Gosto do mês de junho e espero que ele seja infinitamente melhor que o final do mês de maio. Não sou de reclamar da vida, e não vou começar a fazê-lo agora, mas o final do mês passada foi bem difícil, digamos assim.
Mas gosto do mês de junho. Gosto das comidas típicas, do clima, das fogueiras, do forró, a música e a dança, mas que fique claro, só o forró pé-de-serra, autêntico! Gosto por ter o dia dos namorados, pelas festas de Santo Antônio, São João e São Pedro, tudo que é típico. Ir para Caruaru, o maior São João do Mundo e dançar muito forró, curtindo um muito bem vindo friozinho.
É também o mês de aniversário de pessoas que amo muito como minha irmã Jacira, minha soul sister Marlene, minhas amigas Fabys, Danny e Adry, meu querido Henrique. Mês bom o mês de junho, até já comprei meus presentes de dia dos namorados, claro, eu me amo!
E Viva São João!

B de Barcelona

Ramblas Só estive em Barcelona uma vez na vida, e foi justamento em 2002, no ano Gaudí! Ou seja, melhor impossível. Só lamento porque na...