31 de julho de 2011

Tia Coruja!

Dinho, Ginho, Leo e Niña

Todo mundo sabe que tenho os quatro sobrinhos mais lindos e maravilhosos do mundo e arredores. Mas tinha que vir aqui compartilhar que um deles, Leonardo, noivou, e vai casar ano que vem, ele e a noiva já terminaram a universidade, compraram um apartamento, trabalham e eu claro fico toda babada de orgulho. O mais velho que também já é formado está muito bem trabalhando no Paraná, a única sobrinha que também já terminou a universidade está trabalhando por uma ano nos EUA e o meu sobrinho caçulinha que está no meio do curso universitário foi para o Peru visitar a namorada, e olha que este namoro a linga distância já tem mais de 2 anos.
Fico super feliz em vê-los tão bem criados e se dando bem na vida e no amor, porquê além de meus sobrinhos. foram crianças adoráveis e hoje são homens e uma mulher fantásticos, que eu amo muito!

27 de julho de 2011

Já posso?!

Eu sei muito bem que hoje é dia 27 de julho e que ainda faltam quatro meses e 25 dias para o meu aniversário, mas afinal de contas são 40 anos, eu bem que podia já começar uma contagem regressiva....tudo bem, eu sei que é melhor esperar para dezembro mesmo, mas é que eu fico vendo o contador de Breaking Dawn aqui ao lado e lembro que quando o coloquei aqui ainda faltava 1 ano e cinco meses para a estréia do filme, sei lá dá um certo alento de que um dia o filme vai estreiar.
E o mundo e arredores sabe muito bem o quanto eu gosto de aniversários, certo? Então vocês podem bem imaginar o meu próprio e de 40 anos?! Idade em que a mulher madura não enfeitiça, ela encanta, em que deixamos de ser exigentes e passamos a ser seletivas, não ficamos mais como as garotinhas, simplesmente nos envolvemos, e acima de tudo isso, somos mais, muito mais nós mesmas.
Tá bem...vou esperar agosto chegar para começar uma contagem mais de acordo, e ao menos que não comece no dia 27, mas sim no dia certo, dia 21...

26 de julho de 2011

Becky volta a atacar!

Todo o mundo e arredores sabe que sou a perfeita mistura de Bridget Jones (sim, aquela jornalista do famoso diário, especialista em ser doida e passar vexames) e Becky Bloom (sim, aquela outra jornalista, completamente doida, e que tem uma, digamos que mania por compras).
Nos últimos tempos que na parte beber como um peixe quando saio com os amigos estou tal e quel Bridget e na parte comprar tudo que vejo pela frente uma perfeita Becky, no quesito loucura sou as duas ao mesmo tempo!
Não bastasse ter trocentas havainas comprei ums novas e mandei colocar um adereço de sandália, uma boquinha muito fofa, aí meu sobrinho foi visitar a namorada no Peru e eu fiz o quê?? Hein? Hein? Pedi para ele trazer um Angel para mim, mas devo dizer que só pedi isso, nenhuma maquiagem da M.A.C. e nem um chocolatinho, mais nada! Até porquê ele é meu dependente no cartão e possibilidade de o cartão está estourado é altíssima.
Enfim, em minha defesa como sempre digo que trabalho muito e pago minhas contas todas direitinho, então estou perdoada, não estou?! Beijos e uma ótima última semana de julho para todos, que o mês termine muito bem!

E desde ontem à noite que este Poema da Paz, de Madre Teresa de Calcutá não me sai do pensamento, compartilho aqui com vocês:

0 dia mais belo? Hoje
A coisa mais fácil? Equivocar-se
O obstáculo maior? O medo
0 erro maior? Abandonar-se
A raiz de todos os males? O egoísmo
A distração mais bela? O trabalho
A pior derrota? O desalento
Os melhores professores? As crianças
A primeira necessidade? Comunicar-se
0 que mais faz feliz? Ser útil aos demais
0 mistério maior? A morte
0 pior defeito? O mau humor
A coisa mais perigosa? A mentira
0 sentimento pior? O rancor
0 presente mais belo? O perdão,
0 mais imprescindível? O lar
A estrada mais rápida? O caminho correto
A sensação mais grata? A paz interior
0 resguardo mais eficaz? O sorriso
0 melhor remédio? O otimismo
A maior satisfação? O dever cumprido
A força mais potente do mundo? A fé
As pessoas mais necessárias? Os pais
A coisa mais bela de todas? O AMOR

25 de julho de 2011

A típica segunda-feira

Hoje acordei mais cedo que o normal, tinha umas coisas de ordem prática para resolver, mas de cara já tive um notícia super triste, a madrinha da minha irmã, que sofria de Mal de Parkinson, faleceu, e por mais que saibamos que é uma doença degenerativa, nunca, nunca mesmo queremos ver quem a gente ama partir, a morte nunca é bem vinda...
E o dia seguiu seu curso e eu fui ao PROCON tentar resolver uma entrega de móvel que há mais de um mês vem se desenrolando, e móvel que é bom nada!
Só que claro, não resolvi niente, nada, zero, fui trabalhar, ao menos no trabalho pude chorar a morte de Aziza, mas fui logo reanimada pelos colegas e agora esta segunda-feira, digamos, complicada, está se encaminhando para o seu fim! E que venha a terça-feira, cheia de coisas muito boas para mim, para você e para vocês todos também!

23 de julho de 2011

O fim óbvio, mas nem por isso menos triste

Sim ela teve uma vida completamente atropelada pelas drogas e pelo álcool, além de todos os problemas acarretados pelo vício, físicos e mentais, mas isso não fazia dela melhor nem pior que ninguém.
Ela também tinha um dom de cantar como poucas e uma voz maravilhosa. Não posso deixar de achar uma estupidez, por mais que todos tenhamos esperado, uma pessoa morrer tão jovem.
Rest in Peace Ms Amy Winehouse!

20 de julho de 2011

Feliz Dia do Amigo

AMIZADE (Vinícius de Moraes,1913-1980)

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos .
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências ...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar. Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer ...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.

18 de julho de 2011

Clarice,

porque eu continuo achando ela genial, e sabe me descrever tão bem, quando eu mesma não sei:

"Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.


Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!

Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!

Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.

Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!

Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.

Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.

Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:

- E daí? EU ADORO VOAR!"

17 de julho de 2011

O que foi aquilo?!

Enquanto a seleção feminina de futebol mesmo não vencendo nenhum grande campeonato e sem o mínimo apoio da CBF vai fazendo bonito pelo mundo com Marta e CIA, a seleção brasileira masculina com todo o apoio da CBF, mundo e arredores, sempre hospedada nos melhores hotéis, com 5 estrelas,e na camisa, sim a única com 5 campeonatos mundiai,s não consegue ter um batedor de penaltis de jeito?!
O pior é que nos 90 minutos de jogo e 30 de prorrogação a seleção jogou bem, perdeu várias oportunidades de gol, e aí podendo ter uma saída honrosa da Copa América, não, faz aquele monumental fiasco nas penalidades máximas... e pensar que num longínquo 17 de julho de 1994 fomos tetra campeões mundias vencendo a Itália nos penaltis!

16 de julho de 2011

O Twitter fez 5 anos

Minha time line
Sim, o Twitter fez 5 anos de existência ontem, e eu só hoje vim aqui falar sobre o fato. O mundo e arredores sabe do meu vício, podemos chamar o fato de eu viver tuitando de vício, neste microblog, rede social, como queiram.
Mas que fique claro, se estou ali há mais de 2 anos é pelas belas suspresas que tive através dele, porque eu gosto mesmo é de gente, e ali há para todos os tipos e gostos, claro que já tive decepções e gente que me fez perder tempo, mas para isso não é preciso uma rede social, estes tipos topamos com eles vida a fora, a diferença é que no Twitter é só fazer block ou unfollow a esquecer a decepção...
Mas meu saldo tuiteiro é bastante positivo, o que eu tive oportunidade de conhecer, alguns inclusive pessoalmente, de gente que vale e muito à pena vocês não fazem idéia.
Então parabéns Twitter e que venham mais 5 anos, e que parem de me tirar o pio só porque muito raramente eu falo demais, eheheheh

8 de julho de 2011

Dicas

cartaz do filme retirado do site do IMDB
Tudo bem que essas dicas já são um pouco antigas, mas ando numa correria tão grande que só ontem fui finalmente ao cinema para ver Midnight in Paris, do Woody Allen e aproveitei para pegar o meu CD da novela Cordel Encantado.

imagem retirada do site da Som Livre
Comecemos pelo filme, bem para quem gosta de Woody Allen ir ao cinema ver um filme dele já é quase 99,9% de chance de que vamos gostar do filme, e vamos e convenhamos não é que este senhor se deu bem nas suas incursões fora de New York City? Vicky Cristina Barcelona é um dos melhores filmes dos últimos tempos, ao menos para mim, e agora este, que não bastasse ter umas cenas espetaculares da bela Paris, tem um roteiro para lá de interessante para quem além de gostar de cinema, gosta de outros tipos de arte tais como literatura, artes plásticas e boa música, para quem ainda não viu é um bom filme, com direito a boas risadas e muito interessante, o elenco de primeiríssima qualidade contribui, claro, mas não vou contar mais coisas porquê acho que perde um pouco a graça para quem não assistiu ainda. Vale muito sair de casa e pegar um cineminha.

Eu não sou muito de trilhas, principalmente de novelas, até tenho de alguns filmes como "O Fabuloso Destino de Amelie Poulin" e "Love Actualy" , mas tive que comprar este da bela novela Cordel Encantado, o CD é tão bom , mas tão bom que só ouvindo todas as músicas, e depois ouvi-las mais uma vez, é MPB no seu estado mais puro, todas as músicas já são conhecidas do grande público, mas assim juntas num só CD é bom demais. Só para dar uma idéia tem Lenine, Caetano Veloso, Maria Gadú, Roberta Sá, Gilberto Gil, Luis Gonzaga, Chico Science & Nação Zumbi... e por aí vai.

3 de julho de 2011

Forró e futebol!

com meu vestido junino
E quando vocês pensam que o os festejos juninos por aqui acabaram devo lhes informar que estão redondamente enganados, acabaram-se os festejos juninos do mês de Junho e seguem os festejos juninos (ou seria melhor julianos) do mês de Julho! Ontem foi a 8ª edição do Forrociano, e depois de um dia de indecisão sobre se iria ou não, tendo em vista que não parava de chover, e eu não sei nadar, não só fui, como dancei forró até cansar.
Hoje acordei tarde e toda feliz porque era um dia de seleção brasileira de futebol, primeiro seria o jogo das meninas e depois o dos meninos...As meninas como sempre não decepcionaram, jogaram muito, Marta fez dois gols belíssimos e ganhamos de 3 X 0 da Noruega... já com relação ao jogo dos meninos ao final do Brasil 0 X 0 Venezuela a minha única pergunta era: não daria para a seleção feminina jogar também a Copa América?!

1 de julho de 2011

Disléxia Digital

Sim, admito, como muitos já devem ter percebido, que sofro de disléxia digital, tenho tendências fortes a engolir letras ou então trocá-las completamente. Sim, eu sei que isto poderia ser resolvido com uma simples leitura daquilo que escrevo antes de publicar, mas é exatamente aí que reside o problema.
Eu escrevo tal e qual falo, ou seja com todos os atropelos do mundo, muito e rapidamente, porquê eu falo tal e qual penso, demais e aceleradamente! Mas some-se a isso eu ser uma dedógrafa (sem duplo sentido neste caso), ou seja vou digitando "nas carreiras" e quando termino o post, voilá, aperto o famigerado botão de publicar postagem.
Vocês podem até não acreditar mas já fiz muitas revisões de textos, inclusive de teses de mestrado e doutorado, nas quais fui agradecida publicamente por não deixar passar um único erro de português, e também por, em algumas situações, quando eu entendia do assunto, fazer modificações para melhorar o texto...mas isso o texto dos outros, o meu nana nani não, é feito caldo de cana, sai na hora, escrevo e publico. Talvez por este blog ser completamente despretencioso, e eu sempre pensar que estou escrevendo para mim, ou para pessoas próximas.
E agora vocês devem estar se perguntando, e o que é que eu tenho a ver com seus erros de digitação, d. Jannine? E eu respondo: nada, mas ontem à noite uma adorável bronca sobre este meu defeito de fábrica me fez ter a idéia de escrever este post. Obrigada pela bronca, viu? Vou tentar ser mais atenciosa, mas não prometo nada, como diria Fernando Pessoa: "Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo."

B de Barcelona

Ramblas Só estive em Barcelona uma vez na vida, e foi justamento em 2002, no ano Gaudí! Ou seja, melhor impossível. Só lamento porque na...