A típica segunda-feira

Hoje acordei mais cedo que o normal, tinha umas coisas de ordem prática para resolver, mas de cara já tive um notícia super triste, a madrinha da minha irmã, que sofria de Mal de Parkinson, faleceu, e por mais que saibamos que é uma doença degenerativa, nunca, nunca mesmo queremos ver quem a gente ama partir, a morte nunca é bem vinda...
E o dia seguiu seu curso e eu fui ao PROCON tentar resolver uma entrega de móvel que há mais de um mês vem se desenrolando, e móvel que é bom nada!
Só que claro, não resolvi niente, nada, zero, fui trabalhar, ao menos no trabalho pude chorar a morte de Aziza, mas fui logo reanimada pelos colegas e agora esta segunda-feira, digamos, complicada, está se encaminhando para o seu fim! E que venha a terça-feira, cheia de coisas muito boas para mim, para você e para vocês todos também!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Heróis literários ou Forever 17