Porque ler é preciso


Porque ler é preciso!


Todo mundo sabe que eu amo ler, e viajar, e ver filminhos, e conversar, e conhecer gente nova...enfim eu sou uma amante de muitas coisas, mas em um momento como este, no qual eu vivo umas férias forçadas ler é preciso.


E que bom que eu gosto de ler, o único problema é que eu leio muito rápido. Vejam só: desde que cheguei de São Paulo eu terminei de ler Retrato em Sépia, da Isabel Allende, li o Diário de Viagens de Che (aquele que deu origem ao filme), reli (desta vez em castellano porque eu sou metida) Vivir para Contarla do Garcia Marquez; reli O Morro dos Ventos Uivantes, li La Bodega; e acabei de ler dois livros muito bons e que envolviam de formas distintas a mesma temática, o extermínio dos judeus na Segunda Guerra. Um foi As Memórias do Livro, uma ficção da melhor qualidade, mas que poderia ser ainda melhor...sei lá acho que deixou algo a desejar já que tenta resgatar as históris que cercam um livro judeu, a Hagadá, que ao longo dos séculos e das perseguições sofridas por eles resiste e acaba sendo por duas vezes salvo por mulçumanos.


O outro, Trenes Nocturnos, relata uma situação atípica em Sofia, cidade da Polônia, que ocnsegue escapar a "solução final" por causa da coragems de um pequeno grupo encabeçado por um casal de médicos que simulam uma epidemia de tifo que obriga os alemães a colocarem a cidade em quarentena.


Enfim, se vocês puderem leiam alguns destes que tenho certeza que vocês irão gostar...agora tenho que ver algum meu para ler novamente ou esperar que alguém me empreste algum ;).


Beijos mil, dois mil, três mil...
Foto: Meus livros de Gabreil Garcia Marquéz, todos no roiginal porque eu sou metida mesmo...hehehehe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Heróis literários ou Forever 17