Confesso que...gosto

... gosto de me confessar, contanto que não seja com um padre, mesmo que isto algumas vezes ocorra.
... gosto de amar, independente de qualquer coisa, eu amo, amar e não vivo sem amor.
... gosto de me sentir amada e desejada e seria hipocrisia da minha parte dizer que não.
... gosto de me sentir bem comigo mesma e com os outros.
... gosto de dizer que esqueço facilmente uma magoa, mas não é assim tão fácil de esquecer.
... gosto mais ainda de não ser uma pessoa rancorosa e de saber perdoar de verdade.
... gosto de ler, como sempre gostei de estudar e dessa forma me sentir uma pessoa inteligente, ao menos um pouquinho.
... gosto de ser amiga dos meus amigos, gosto de ser amiga.
... gosto de sentir a água do mar banhar minha pele fazendo companhia ao sol.
... gosto de sentir a chuva escorrer pelo meu rosto e lavar a minha alma.
... gosto de cantar, porque quem canta reza duas vezes.
... gosto de viajar, porque assim conheço novas pessoas e culturas.
... gosto de fotografar, porque é a única forma de ter aquele momento único e que não volta jamais, capturado.
... gosto de ser assim, como sou, esta eterna menina-mulher, e quem não gostar de mim assim...

Comentários

M. disse…
Vou esperar e ver...se gosto de ti...

:)
Cláudia disse…
Eu gosto de... um monte de coisas mas não gosto de parar para numerá-las. Sei lá... acho que não vou parar nunca se começar.
Mary disse…
miga, o sol e o calor intenso me fizeram sumir do blog, mas cá estou de volta.. adorei teu texto amiga, assim como vc gosto de uma porção de coisas, ainda paro pra fazer um balanço de pelo menos algumas.. hehehe.. ahhh, que bom q gostou do juan no blog.. bjos mil e ótima semana amiga..

Postagens mais visitadas deste blog

Padroeira do Recife

Está chegando...

Heróis literários ou Forever 17