O tempo entre costuras,

da autora espanhola Maria Dueñas, foi realmenta a grata surpresa que eu espareva quando li uma crítica afirmando que ela era o Carlos Ruiz Zafón, catalão, autor de uma dos meus livros preferidos "A Sombra do Vento".

Na verdade Dueñas superou minhas expectativas, talvez pelo tema, que envolve o exotismo do Marrocos, a Madrid (que todo o mundo sabe que eu amo de paixão)e uma Espanha sendo consumida por uma guerra cívil e depois pelos desmandos de Franco, e a II Guerra Mundial. Some-se a isso amizade, romance, traição, espionagem e História...para mim só há um resultado, um livro de 471 páginas que eu li em 3 dias, e que agora estou já pensando quando vou reler com mais calma.


"O tempo entre costuras" nos conta a história de Sira Quiroga, uma madrileña, oriunda de uma família pobre, que aprende o ofício de costureira com a mãe e com muitas idas e vindas na vida acaba sendo uma costureira/espiã, que se apaixona por um misterioso inglês, tem amizades com pessoas importantes, pois costura para elas, e vive sistuações inimagináveis a princípio. E é com este enredo, a fascinante história de sua vida, que a própria Sira nos relata, que entre uma costura e outra vamos nos alinhavando com uma linha invisível a este ótimo livro.

Comentários

M. disse…
Nunca a li...Vai para a lista...Talvez um dia...

Se o leste em 3 dias é porque deve "prender"...Se assim for...é muito:)
Yo disse…
Eu te falei...
Falta de aviso é que não foi.
Celia Rodrigues disse…
Boa dica.
Anônimo disse…
Acabei de ler a pouco, adorei. É realmente mto bom! Mais não acho que possamos comparar com Carlos Ruiz, mto menos com "A sombra do Vento". Cada um com seu estilo de escrever, mas o encanto de Carlos Zafon é incomparável!

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Padroeira do Recife

Virtual ou Real?