Novas Confissões

Confesso que sou exagerada, sempre fui, e sempre serei, mas em meu exagero não há mentiras, se eu amo, amo até o fim, não gosto de meio termo, ou é quente ou é frio, nada morno, se for morno, eu vomito.
Gosto que você chegue calmo, porque sei que na hora que for preciso decisões serão tomadas, até porque no fundo, você é tão exagerado quanto eu. Não gosto de meias verdades, se eu sou por inteiro, você também tem que ser, e fico feliz porque você o é.
Quero tudo a que tenho direito, e posso prometer que você também terá direito a tudo que eu possa dar. Acredito que estamos neste mundo para vivermos plenamente e sermos felizes. E se podemos ser felizes juntos, por quê não?

Comentários

exagerado disse…
its 4 me ! luv u ;)
M. disse…
Não há excesso na generosidade:)

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Padroeira do Recife