Desculpa, mas sou assim!

E se chamo você de amor, não quero ter que explicar, nem ter que entender, quero apenas chamar e sentir, e eu chamo sim, Amor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Padroeira do Recife