Uma mocinha

Olha como eu estou uma mocinha...já estou escrevendo de novo, teias de aranha saiam desse blog que não te pertence!!!!

Eu nunca comento sobre política, mas hoje estava eu vendo um pedaço do Bom Dia Brasil que eu sempre assisto antes de sair para o trabalho, e eis que senão quando começam a falar sobre a possível redução de férias dos Deputados e Senadores do nosso Brasil varonil...pois é, com perdão de todos os palhaços, categoria essa que trabalha duro, pensem numa palhaçada. O líder do governo disse que se reduzirem as férias para 55 dias (!) serão uma das menores férias de deputados no mundo... aí me vem o presidente do senado dizer que reduzir de 90 para 55 dias é muito (!!!!!!). Não estou brincanado não, eu vi...e ouvi.

Enfim vamos ver no que vai dar... eu também acho que essa questão é muito importante, até porque esses "senhores" trabalham exaustivamente de terça a quinta-feira, suam o peletó para que os brasileiros(povo íngrato que votou neles só para fazê-los trabalhar tanto) tenham uma vida melhor...precisam receber auxílio por tudo, até porque com o salário que ganham eles não podem sobreviver, até porque eles não são como meu pai que morreu recebendo do INSS 3 salários mínimos, e conseguiu criar muito bem obrigada com educação e amor 4 filhos... os deputados não são abnegados e para mostrar esse desapego meterial e digo mais desapego a própria vida...vão diminuir os seus dias de férias...eu mesma que já tirei uma semana de férias consigo visualisar um pouco a situação...imaginem esses pobres coitados que vão ter 55 dias sem contar as segundas e sextas!!!!!! É vida de político não é fácil.

E vamos falar de coisas amenas, eu consumista compulsiva decidi poupar e consumir menos para poder viajar como qualquer mortal, que não seja deputado fique bem entendido (eles são mortais também?), e aí já gastei comprando uma blusa do câncer de mama...eu sou uma caso perdido mesmo, mas é que a minha blusa estava fubenta e eu sempre compro uma dessas por ano, mas agora é para valer vou começar a poupar, afinal de contas eu sou uma mulher ou um prato de papa?!...por favor não respondam e se insitirem em responder mandem por e-mail para eu não passar muito vexame :-).

Bem já escrevi demais por hoje e não quero deixar ninguém cansado, nem com preguiça de ler e oque é pior me xingando porque estão com dor nos olhos. Beijos nos corações de todos, fiquem com Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Heróis literários ou Forever 17