Gatinhas e Pan


Prato de Papa


Decididamente agora é comprovado...eu não sou uma mulher, sou um prato de papa. Esta semana me aperriei e chorei (Lou que o diga) mais do que uma arara(sei lá porque eu disse arara) por causa da gatinha, mas enfim arrumei um lar para ela...chorei um rio, mas ao menos sei que ela agora não vai ser mais envenenada. Ah! E a filhota foi junto.


No mais sigo sem ânimo para postar e vendo um jogo atrás do outro, ou uma disputa de natação, judô...enfim sou uma torcedora quase em tempo integral.


Não estou vendo mais jornais, e só vou comentar rapidamente sobre a tragédia de Congonhas para dizer que não gosto dessa coisa que todos fazem de ficar em cima dos familiares, putz minha gente, é muita dor, só eles sabem...acho um massacre o que certos meios de comunicação fazem. Vamos sim ajudar a tentar impedir que coisas terríveis como essa voltem a acontecer, mas sem sensacionalismo...


beijos mil no coração de todos, fiquem com Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Está chegando...

Virtual ou Real?

Heróis literários ou Forever 17