Chorona

Sou besta para rir e besta para chorar. Sou besta (ponto). Mas, isso não é algo que eu venha me tornando com o passar do tempo. Quando criança eu já era uma drama queen, que o diga minha mãe quando eu tive catapora e me transformei numa pequena déspota aos quatro anos. Mas eu estava dodói, aí pode. E vou falar sobre meus choros com livros, deixarei para outro post meus choros com filmes.
O primeiro livro, ainda criança que eu lembro de ter lido e chorado muito foi "Meu Pé de Laranja Lima", o raio do Portuga tinha que morrer? Tinha?? Vocês sabem como isso afeta uma criança? bem ao menos a mim afetou muito. Eu não tenho medo de morrer, mas morro de medo da morte, das pessoas que eu amo, perder as pessoas que eu amo é um medo atávico!
Depois lembro que chorei lendo "O Refúgio Secreto", livro sobre uma família que ficou escondida em um guarda roupa na Holanda, durante a Segunda Guerra, mas depois foram para um campo de concentração e aí já viu, a sobrevivente escreveu o livro. Aí só lembro de ter chorado muito lendo Não sei exatamente qual volume de "Operação Cavalo de Tróia". Depois disso passei um período sem muitos dramas, acho até que quando Heitor morreu na Ilíada em nem chorei, mas não posso confirmar.
Aí estou toda serelepe lendo Harry Potter, e chorei, mas muito pouco quando Sirius morreu, tudo bem, deixei passar. Mas quando Dobby morreu não! Não sei se perdoei a J. K. Rowling até hoje! Não dava para ser como o Tolkien em Senhos dos Anéis não minha filha?! Quando eu soube que A Culpa é das Estrelas era negócio com doente terminal com câncer eu disse "pode passar o leite que chupei manga", mas daí uma amiga que é louca pelo livro tanto insistiu que eu acabei lendo, e ainda tive a infeliz ideia de ler durante uma viagem a trabalho, sozinha no hotel, chorando, a camareira entrou e ficou toda preocupada, claro. E eu pensei com meus botões, nunca mais caio nessa, só leio agora livro com final feliz e pronto.
Eu não podia estar mais enganada... Estou eu zapeando de canal e me deparo com o filme Divergente, gostei, gostei mesmo, aí lembrei que já tinha visto os livros, e como sempre prefiro os livros aos filmes, com raras exceções disse vou ler logo tudo, antes que o segundo filme estreie nos cinemas este mês. Rapidamente li Divergente, Insurgente e o raio do Convergente, resultado, eu chorando como se tivesse acontecido uma tragédia do tamanho do mundo (no livro aconteceu), resumindo, por favor eu não tenho isso de spoiler, eu leio ou vejo a mesma coisa trocentas vezes, logo não ligo a mínima para spoiler. E a resposta é sim, se você estiver se perguntando se eu choro todas as trocentas vezes. Logo gostaria de pedir encarecidamente, se alguém souber que eu vou começar a ler um livro que o final é uma desgraceira, faz favor de me avisar, combinado?!

Comentários

Eita Jani... Eu não sou de chorar muito, mas com livros eu me derreto toda kkkk. Mas eu gosto de chorar por eles, é libertador.

Postagens mais visitadas deste blog

Padroeira do Recife

Bookaholic

Está chegando...