Roseane Viana

Aos 11 anos o blog está um tanto quanto abandonado, o aniversario foi em 28 de abril e confesso que esqueci completamente. Mas, na verdade a maior parte dos blogs da minha geração estão abandonados, eu não consigo desistir do Koukla, até porque uma parte de minha vida na internet está aqui, e foi através deste cantinho que conheci pessoas maravilhosas que fazem parte da minha vida até hoje. E é sobre uma dessas pessoas que eu quero falar hoje, demorei um pouco, mas enfim aqui estou para me despedir da Ro como nos conhecemos, através da blosgosfera.
Em 2004, quando inciei o Koukla e ele ainda era hospedado no webbloger, só em 2005 vim para o blogger, uma das primeiras pessoas que conheci foi a Roseane Viana, uma nutricionista amapaense, inteligente, bonita, alto astral, gente da melhor qualidade, claro que nos demos bem de cara, tínhamos muito em comum, nossa paixão por viagens, carnaval, Chiclete com Banana, negritude, Frida, o Norte no país, o Nordeste, tapioca... Muito mesmo. E passamos a alimentar esta amizade ao longo dos anos através dos nossos blogs, e-mails, twitter e Facebook. Recebi seu convite de casamento e infelizmente não pude ir ao Amapá, mandei um telegrama e muita energia positiva e amor para os dois, acompanhei quando ela se mudou com o amado para a Alemanha, acompanhei as viagens e estudos dela, acompanhei o início da sua doença, um câncer de ovário agressivo.
Quando em abril deste ano Ro nos deixou, após ser uma guerreira incansável eu me senti triste como quando perdi minha amiga de infância, Simone, para a mesma doença no final de 2013, queria escrever e não conseguia porque simplesmente chorava, queria dizer o quanto eu a admirava e amava, e que vou sentir saudades dela, queria agradecer por tudo, pelo lindo cartão que ela me mandou de Nantes, na França, porque a frase falava sobre L'Amour e segundo ela como não lembrar de mim. Queria dizer que Ro, você combateu o bom combate e merece ser muito feliz, seja feliz minha irmã, até o nosso reencontro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Padroeira do Recife

Está chegando...

Virtual ou Real?